O exercício na doença de Crohn fistulizante explicado pelo guia TAKEDA/APDI

Exercício na doença de Crohn fistulizante é o tema que analisamos desta feita. Continuamos a apresentar periodicamente novos capítulos do guia digital dedicado às pessoas com fístulas na doença de Crohn (DC). Este projeto foi desenvolvido pela TAKEDA em parceria com a APDI, e os quatro primeiros capítulos foram apresentados em maio, julho e setembro e outubro.

O quinto de dez capítulos deste guia, que hoje disponibilizamos, é sobre a importância do Exercício na doença de Crohn fistulizante.

O exercício tem benefícios físicos e psicológicos para as pessoas com doença de Crohn. Embora não consiga curar a doença, a prática de exercício melhora a saúde e o bem-estar geral, o que poderá ajudar a aliviar alguns sintomas.

Este capítulo deixa algumas dicas úteis para tirar o maior partido da prática de exercício, sugere os melhores tipos de exercício e explica os seus benefícios físicos e psicológicos.

Leia tudo no quinto capítulo do guia digital, disponível aqui.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *